Buscar
  • Éllen Borges

Deixe ir!

É preciso deixar ir, "aquilo" que nunca quis de fato, ficar...

É preciso deixar ir, "aquilo" que ainda lhe faz chorar...

É preciso deixar ir, aquela lembrança que não deveria sequer voltar...

É preciso, é necessário... mesmo que a princípio, lhe faça sofrer.

Ao deixar partir, você não será fraco por ter "desistido"... (não, não mesmo).

Ao deixar partir, você passará a realmente sorrir, viver e ser feliz.

Muitas das "coisas" que seguramos, mais nos machucam ao

tentarmos prendê-las, do que trazem satisfação, prazer e

alegria por estarem "aqui".

Então, aprenda que a sua felicidade não está associada a

quem quis ou quer ir e que você insiste e até implora

para voltar ou ficar...

Na verdade, a felicidade pode ser vivenciada em pequenos

gestos e momentos diversos, como aproveitar e valorizar a

presença e o carinho de quem almeja ao seu lado estar...

Deixe partir... deixe ir...

Deixe ir esse desalento... Deixe ir qualquer ressentimento...

Deixe partir essa mágoa... Deixe partir o rancor...

Deixe partir o que você chama ou um dia chamou de "amor"...

Deixe ir o que acreditou ser uma verdadeira amizade...

Deixe ir aquela culpa... Deixe ir toda dor...

Deixe partir tudo que um dia fez ou ainda lhe faz sofrer...

Trilhe por um novo caminho e não... não olhe para trás!

Escreva novas histórias...

Novos roteiros ainda podem ser vividos...

Ainda há novas sensações para descobrir...

Novas emoções para sentir...

Novos momentos para se alegrar...

Novos motivos para sonhar...

E se for necessário, deixe "seu velho eu" também partir...

Para que assim, você possa se renovar e inovar...

- Encontre-se...

- Reinvente-se...

- Liberte-se...

- Permita-se...

Permita-se sorrir, viver e ser feliz outra vez!

(E outras vezes) !!!

Fonte da foto:

Canva.com

97 visualizações2 comentários
© 2019 por Éllen Borges.
Site criado por Gustavo Muniz